NOTÍCIAS

EPOC: Treinamento concorrente (Força + Aeróbio)

24.02.2015

O treinamento concorrente consiste em realizar treinamento de força e exercício aeróbio em uma mesma sessão. Esse tipo de proposta tem gerado alguns questionamentos, principalmente em relação à ordem de sua execução. 

Qual dos dois exercícios deveria ser realizado primeiro? Qual seria a melhor ordem de acordo com determinado objetivo? Com relação ao EPOC, realizar o treinamento de força depois do exercício aeróbio tem sido considerado mais eficiente (Lira et al. 2007; Drummond et al. 2005).

Lira et al. (2007), ao avaliar o treinamento concorrente, encontraram um gasto calórico médio acima do valor de repouso de 15 kcal, 30 minutos após o exercício. A sessão de treino consistiu em realizar três séries de 12 repetições em 4 exercícios com 70% de 1RM, depois de 30 minutos de aeróbio, realizado em esteira rolante numa intensidade de 90% da velocidade correspondente ao limiar anaeróbio. Já a ordem inversa, treinamento de força antes do aeróbio, o gasto calórico foi de 13 kcal.

Em outro estudo, Thornton e Potteiger (2002) utilizaram duas séries de nove exercícios com 8RM e um minuto de intervalo. Os resultados demonstraram um EPOC com 20 minutos de duração, o equivalente a 11 kcal de gasto calórico acima do valor de repouso.

Em um estudo mais recente, Ormsbee et al. (2007), após um treinamento em forma de circuito com três séries de 10 RM em 10 exercícios, encontraram uma magnitude do EPOC de 10 kcal em 45 minutos de duração.

Crommett e Kinzey (2004), ao testarem o treinamento de força, encontraram uma magnitude do EPOC um pouco maior que os dois estudos citados acima. Aproximadamente 67 kcal em 60 minutos, depois de três séries com carga para 10RM e intervalos de recuperação de um minuto, em cinco exercícios.

Já Burleson et al. (1998) avaliaram o EPOC em dois tipos de protocolos: 1) Duas séries de oito exercícios a 60% de 1RM em forma de circuito com VO² médio equivalente a 44% do VO2máx em 27 minutos de treino. 2) Corrida com mesma intensidade e duração do treinamento de força. Após 30 minutos de análise, os pesquisadores verificaram um gasto calórico de 95 kcal no treinamento de força contra 64 kcal do exercício aeróbio. Vale destacar que dos estudos citados neste texto, esse foi o que relatou a maior magnitude do EPOC.