NOTÍCIAS

9 ALIMENTOS QUE FAZEM MAL X 9 ALIMENTOS QUE FAZEM BEM

25.04.2014

Alimentos que fazem mal à saúde

 

1 - Miojo/ Macarrão instantâneo

O macarrão é um prato tradicional e está presente na rotina dos brasileiros. Porém, muita gente acaba se entregando ao miojo pela sua praticidade sem conhecer suas reais propriedades.

Um pacote de miojo tem aproximadamente 85 g, 80 g de macarrão e 5 g de tempero pronto. Nessa porção, temos 16 g de gordura, sendo 7 g de gordura saturada, e cerca de 1.400 mg de sódio.

Se compararmos com o macarrão espaguete tradicional, veremos que este possui na mesma porção de 85 g cerca de 1,3 g de gordura, sendo 0,6 g de gordura saturada, e 30 mg de sódio.

Conclusão: fazer a troca do miojo pelo macarrão espaguete tradicional será muito benéfica ao seu organismo.


2 - Achocolatados líquidos e em pó

Em uma embalagem de 200 ml, sabor chocolate, em média das 32 g de carboidratos apresentadas 29 g são de açúcar. Isso significa que cerca de 19,5% do conteúdo da embalagem é composto de açúcar.

Em uma porção de 20 g de achocolatado em pó (2 colheres de sopa) temos em torno de 15 a 20 g de carboidratos. A quantidade de açúcar varia de marca para marca, mas fica em torno de 87-95% de açúcar.

 

3 - Pipocas de micro-ondas

O milho de pipoca é uma fonte de fibras excelente, podendo ser uma opção de lanche saudável. No entanto, para isso é importante não utilizar gorduras/óleos e sal em excesso para o seu preparo.

Normalmente, são acrescidas de gordura. A maior parte possui cerca de 4-5 g de gordura para cada 25 g de pipoca pronta (1 xícara de chá), dessa gordura cerca de metade do conteúdo é de saturada.

Além disso, as pipocas com sabor costumam ter grandes quantidades de sódio, apresentando de 100 a 500 mg de sódio para cada 25 g.

Evite as pipocas de micro-ondas e opte pela tradicional pipoca de panela.

4 - Cereais Matinais (Flocos de milho com açúcar)

Os flocos de milho são uma fonte de cereal que pode ser utilizada no café da manhã ou lanches da tarde. No entanto, as versões prontas dessa opção possuem, geralmente, adição de açúcar simples.

Uma porção de 30 g (3/4 de xícara de chá) possui 26 g de carboidratos, desses 12 g são de açúcar, ou seja, 40% de açúcar.

Além disso, grande parte desses cereais leva sal em sua composição, aumentando, assim, a quantidade de sódio presente no produto.

 

5 – Refrigerantes (Normais; Diets; Lights e Zero)


Os refrigerantes tradicionais são altamente ricos em açúcar, além de conter elevadas concentrações de sódio, aditivos e corantes.

Já os refrigerantes diets, lights e zero apresentam altas concentrações de sódio, aditivos, corantes e adoçantes.

 

6 - Sopas instantâneas


Imaginem misturar na água muito (muito mesmo) sal, farinha branca, gordura, açúcar e muitos produtos sintéticos para realçar o sabor e dar cor.

Basicamente, é isso que temos nas sopas instantâneas. Além disso, mesmo aquelas que utilizam vegetais (conforme dizem o rótulo), pouco de fibras têm.
Estranho, não?

7 - Molhos industrializados

Muito óleo, sal, açúcar, produtos sintéticos para realçar o sabor. Se por um lado temos os benefícios de consumir vegetais, pelo outro estamos saturando nosso corpo com esses produtos.

8 - Cream cracker ou bolacha de água e sal

É comum trocar o pão, considerado vilão da dieta por muitos, por bolachas desse tipo. Mas será que vale a pena?

Normalmente, a porção consumida é de 5-6 unidades que em calorias equivale aduas fatias de pão integral.

No entanto, a bolacha utiliza farinha branca e muito mais sal, açúcar e gordura, além de ter um conteúdo baixo em fibras.

 

9 – Fast Foods, Salgadinhos, Lasanhas e outras comidas prontas

gente acaba se entregando as comidas prontas ou rápidas pela sua praticidade. Mas na realidade não tem ciência da “bomba” que estão ingerindo.  Estes alimentos são altamente calóricos, ricos em gorduras, carboidratos simples e sódio. E pobres em vitaminas e minerais.

 

Lista com os alimentos que auxiliam no emagrecimento

 

1-  Aveia

A aveia é a primeira na lista dos alimentos que emagrecem. Este cereal é realmente fantástico, ele possui propriedades anti-inflamatórias, regula o intestino e ajuda a controlar a glicose e o colesterol.

Além disso quando consumimos alimentos ricos em carboidratos, principalmente os de alto índice glicêmico, é interessante acrescentar aveia pois ela é capaz de retardar a absorção desses carboidratos, evitando assim aumento nos nível de insulina, o que poderia provocar aumento acúmulo de gordurinhas indesejadas.

Além do que, esse pico de insulina é seguido de uma queda rápida da mesma, que acaba gerando vontade de comer algo com alto teor de açúcar. Isso tudo, além de impedir o emagrecimento, faz engordar mais ainda. Portanto vale a pena acrescentar um pouquinho de aveia nos lanches diariamente.

 

2-  Vegetais verde escuros
Vegetais de maneira geral, se incluídos com regularidade na alimentação, podem ajudar muito a emagrecer, isso por que além de pouquíssimas calorias, eles ajudam a nutrir o corpo e por serem ricos em fibras dão aquela sensação de saciedade evitando que comamos outros alimentos mais calóricos. 

 

3-  Abacate
Recentemente foi feita um pesquisa nos Estados Unidos que sugere que comer abacate na hora do almoço, pode reduzir a vontade de comer guloseimas e beliscar no período da tarde, assim se tornando um dos alimentos que emagrecem mesmo que indiretamente.

A pesquisa é recente, mas de qualquer forma pode ser uma boa ideia, já que o abacate tem inúmeros benefícios. Mas cuidado, pois se trata de uma fruta muito calórica e deve ser consumida com moderação.

 

4-  Gengibre
O gengibre é responsável por acelerar o metabolismo e esse poderoso efeito termogênico, faz o corpo gastar mais energia e queimar mais gordura, além de ativar a circulação otimizando a queima calórica.

Isso sem falar nas suas propriedades anti-inflamatória, antibacteriana e antisséptica. Por todos esses benefícios o gengibre faz parte da lista de alimentos que emagrecem. 

 

5-  Canela
A canela segue a mesma linha do gengibre em relação ao efeito termogênico e é capaz ainda de reduzir os níveis de açúcar no sangue. Por ter sabor adocicado pode ajudar inclusive a diminuir a vontade de comer doces. Uma boa dica é fazer um chá termogênico usando a canela o gengibre e ainda maça. 

 

 

6-  Salmão, atum, sardinha e peixes em geral.

Os peixes estão entre os alimentos que emagrecem porque são boas fontes de proteínas magras e de gorduras de boa qualidade, principalmente a sardinha.

A vantagem de se consumir peixe é que são proteínas de excelente qualidade, porém sem as temíveis gorduras saturadas presentes principalmente nas carnes vermelhas.

Os peixes deveriam ser incluídos na alimentação pelo menos 2 vezes por semana.


7-  Amêndoas e oleoginosas
Essas e todas as outras oleaginosas são muito importantes pois são fonte de gordura monoinsaturada além de ser uma boa fonte de proteína vegetal.

O mais interessante no efeito das amêndoas é que elas ajudam a regular hormônios que causam resistência na perda de peso o que dá uma força e tanto para o emagrecimento saudável. 


8-  Quinua

A Quinua é uma boa fonte de triptofano, aminoácido ligado à produção de serotonina no cérebro, responsável pela modulação do humor, pela disposição e bem-estar, só isso já ajuda muito, pois pode reduzir aquela vontade de comer por pura ansiedade.

Outro fator importante é a quantidade de fibras que ajuda a aumentar a sensação de saciedade durante as refeições, melhora o funcionamento intestinal e favorece no controle dos níveis de colesterol, glicemia e triglicérides no sangue.

 

9-  Batata doce


Fonte de carboidrato complexo de baixo índice glicêmico, que ajuda a reduzir os picos de insulina à batata doce é como se fosse à versão integral da batata inglesa.

Além de estar na lista dos alimentos que emagrecem ela também ajuda muito no ganho de massa muscular magra, além de ser um excelente antioxidante e antienvelhecimento.


FONTE: http://www.medidasperfeitas.com.br/2014/04/alimentos-que-fazem-mal-saude.html