NOTÍCIAS

Entenda por que o óleo de coco ajuda a emagrecer

21.05.2012

  

http://mdemulher.abril.com.br/imagem/dieta/galeria/coco-25319.jpg

O consumo de óleo de coco precisa ser acompanhado de uma dieta equilibrada

Extraído do fruto maduro, o óleo de coco virou febre principalmente entre aqueles que desejam se livrar de vez dos pneuzinhos extras. O segredo do alimento é o ácido láurico, componente que gera energia na célula de forma acelerada. Na prática, o óleo de coco turbina o gasto energético, favorecendo, assim, a degola dos pneus. Além disso, proporciona maior sensação de saciedade.

Pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro, a UFRJ, prescreveram uma dieta de manutenção de peso a 30 homens com um grau de obesidade leve. Enquanto metade consumiu 1 colher de sopa cheia de óleo de coco todo dia, a outra teve de engolir óleo de soja, na mesma porção.

Em 45 dias, o resultado agradou: apesar de o óleo proveniente da fruta ser cheio de gordura saturada e calorias, ele ajudou a reduzir o índice de massa corporal, o volume de gordura e a circunferência na cintura de quem o incorporou à dieta. Além disso, contribuiu para o aumento de massa magra, ou seja, músculo puro. Outro vantagem do óleo é proporcionar maior sensação de saciedade.

Contudo, incorporar o óleo à dieta sem providenciar mudanças no restante do cardápio não fará com que o ponteiro da balança tombe. Só para constar, cada grama de óleo de coco reúne 9 calorias. "A recomendação é que 25 a 30% de nossa alimentação seja composta de gorduras, sendo que no máximo 7% devem vir das saturadas, como as presentes no óleo de coco. Então, quem usar o ingrediente precisa investir em alterações na rotina, como preferir carne magra e tomar leite desnatado", avisa a nutricionista Ana Carolina Gagliardi, do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Ficha técnica

Energia - 110 calorias em 1 colher de sopa
Consumo diário ideal - 2 colheres de sopa
Dicas de uso - Como tempero de saladas ou adicionado a pratos quentes, salada de frutas, bolos e suco

Fonte: Site: http://mdemulher.abril.com.br Reportagem: Thaís Manarini - Edição: MdeMulher Conteúdo do site http://saude.abril.com.br/