NOTÍCIAS

“Atleta de final de semana” corre tanto risco quanto sedentário

09.06.2011

 Fonte: ESPECIAL – DIRETO DA REDAÇÃO HELPLINK, 24 de maio de 2011

 

Quem pratica algum esporte de vez quando, um futebol com os amigos aos finais de semana, corridas em grupo ou qualquer atividade que não seja regular, deve tomar cuidado! Segundo Ricardo Munir Nahas, médico do esporte e diretor científico da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE), o exercício feito esporadicamente pode ter o efeito contrário ao esperado e gerar riscos superiores aos benefícios da atividade.

“Tudo depende da intensidade do exercício. Quem se exercita apenas uma vez por semana não usufrui dos benefícios da atividade física e ela acaba se tornando apenas lazer. O problema é quando a brincadeira é levada a sério. Por exemplo, se um indivíduo de 45 anos, hipertenso e diabético, resolve jogar futebol com os amigos, ele corre o risco de sofrer um infarto”, explica Nahas.

Quando o indivíduo passa a ter uma vida mais ativa, o organismo se diferencia das demais pessoas que são sedentárias. Além disso, com o exercício físico constante, o metabolismo fica mais rápido e eficiente na queima de gordura. Por esse motivo, exercitar-se regularmente é primordial para aqueles que fazem dieta e desejam emagrecer mais rapidamente.

O exercício físico regular também aumenta as taxas do chamado “colesterol bom”, que protege as artérias do cérebro e do coração e ajudam a impedir que elas se tornem depósitos de gordura, que se calcifica com o tempo tornando o vaso mais quebradiço e facilitando um derrame ou AVC.

Além dos já citados, também são benefícios da vida ativa uma melhor disposição, sociabilidade, concentração, agilidade mental, bom humor, auto estima elevada, melhora na qualidade do sono, diminuição do stress e da ansiedade, entre outros fatores.

Segundo o médico, pessoas que têm uma vida sedentária, ou são esportistas de final de semana, devem se programar para realizar uma atividade que ocupe pelo menos meia hora durante três vezes por semana. Com isso, terá menos chance de desenvolver doenças como obesidade, colesterol alto, diabetes e outros problemas relacionados ao ganho de peso e sedentarismo.

“Comece deixando o carro um pouco mais distante do trabalho e vá andando. Caminhe após o almoço, suba escadas. São coisas pequenas que amenizam o dano causado por estarmos constantemente sentados. E depois, escolha uma atividade física que se enquadre no seu perfil e condição física, e pratique com regularidade”, aconselha Nahas.

Você é um atleta de final de semana? Comente.